AMAZON

Prefeitura realiza ação de sensibilização de enfrentamento à violência contra mulher nos terminais de ônibus de Manaus

Por Guilherme Araújo Pacheco em 16/08/2022 às 18:50:45

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), promoveu, nesta terça-feira, 16/8, uma ação de distribuição de materiais informativos alusivos à campanha "Manaus Por Elas" de enfrentamento à violência contra a mulher. As abordagens ocorreram simultaneamente nos terminais de integração 3 e 5, localizados nas zonas Norte e Leste, respectivamente.




"Em um período de conscientização tão importante em que vivemos, estar aqui nas ruas, especialmente nos espaços de maior movimentação, como os terminais, é de extrema importância para que possamos levar essas informações tão essenciais para a prevenção da violência e a proteção dessas mulheres a um público maior", ressaltou a coordenadora do Centro de Referência dos Direitos da Mulher (CRDM), Eliane Domingues, enquanto distribuía informativos aos passageiros do terminal 3, no bairro Cidade Nova.


Enquanto esperava por seu ônibus com a pequena Sofia, a dona de casa Mônica Ramos Colares conversou com a equipe de abordagem. "É muito importante para nós, enquanto mulheres, que a cidade receba esse tipo de ação. Acho isso não apenas como mulher, mas como mãe, já que não acho que a cidade, hoje, seja um local seguro para a minha filha, infelizmente", destacou.


A estudante do ensino médio Gabriela Arruda também foi uma das pessoas abordadas pela ação e, assim como Mônica, enfatizou o sentimento de insegurança vivido por ela e milhões de mulheres todos os dias.


"Ser mulher hoje em dia não é seguro em lugar nenhum, sabe? Por isso, acho sim que é muito importante que haja essa divulgação dos canais de denúncia e meios de se pedir ajuda, já que muitas não têm acesso a esse tipo de informação", contou a jovem.


CRDM


O Centro de Referência dos Direitos da Mulher (CRDM), localizado na rua Araxá, no conjunto Duque de Caxias, no bairro Flores, zona Centro-Sul, é um equipamento socioassistencial administrado pela Semasc, sendo responsável pelo atendimento social e psicológico, orientação, acompanhamento e encaminhamento jurídico de mulheres vítimas de violência.




"Acaba sendo, também, um momento ideal para que a população conheça um pouco mais acerca do nosso centro de referência e de todos os nossos serviços de acompanhamento a mulheres vítimas de violência", concluiu Eliane Domingues, se referindo aos serviços de atendimento social e psicológico, orientação, acompanhamento e encaminhamento jurídico ofertados pelo CRDM.


Em 2021, o CRDM atendeu 3.430 mulheres, beneficiadas com as ações da subsecretaria, além da participação de 2.827 mulheres nas rodas de conversa promovidas nas Ações de Cidadania.




Texto - Guilherme Araújo Pacheco / Semasc

Fotos - Marcely Gomes / Semasc

Fonte: Semasc

Comunicar erro
AMAZON 2

Comentários

AMAZON 3