amazon 1

Presidente da Hungria renuncia após perdoar condenado por crime grave

Oposição e manifestantes protestaram contra perdão de pena, concedida pela presidente, para preso por abuso sexual contra crianças

Por Thalys Alcântara em 10/02/2024 às 22:17:19

A presidente da Hungria, Katalin Novak, renunciou neste sábado (10/2) após a repercussão negativa de um indulto (perdão de pena) que ela deu para um condenado por envolvimento com crime de abuso sexual contra crianças.


"Cometi um erro. Hoje é o último dia em que me dirijo a vocês como presidente" , declarou a política, em pronunciamento oficial.


Em abril do ano passado, Katalin Novak perdoou a condenação contra ex-vice diretor de um lar de crianças que teria ajudado o ex-diretor da instituição a esconder crimes de abuso sexual.


"Cometi um erro, pois o perdão e a falta de fundamentação foram adequados para provocar dúvidas sobre a tolerância zero que se aplica à pedofilia", disse ainda a presidente ao renunciar.


Manifestação


O caso teve repercussão negativa e a oposição exigiu a saída de Katalin. Houve protestos no país contra a atitude da presidente.


Primeiro-ministro da Hungria e aliado de Natalin Novak, Viktor Orbán tenta rever a situação e apresentou um projeto para proibir perdão de crimes contra crianças.



Texto: Thalys Alcântara

Foto: Reprodução/ Instagram



Fonte: Metrópoles

Comunicar erro
AMAZON 2

Comentários

AMAZON 3