AMAZON

Ricardo Nicolau denuncia saúde precária do governo Wilson Lima e garante: "Vou botar para funcionar de verdade"

O candidato disparou críticas ao governador por falta de compromisso com pacientes que esperam até anos por atendimento médico nos hospitais públicos

Por Assessoria de Comunicação em 17/09/2022 às 08:46:59

O candidato ao governo do Amazonas pela coligação 'Nós, o Povo' (Solidariedade/PSB), Ricardo Nicolau, mostrou no programa eleitoral no rádio e na TV, exibido nesta sexta-feira, 16, como é a realidade das unidades de saúde que o candidato a reeleição, Wilson Lima, tenta esconder: um cenário de descaso com pacientes que lotam os corredores dos hospitais à espera de atendimento médico.


Ricardo Nicolau destacou que, há mais de dois anos, o pronto-socorro do Delphina Aziz está fechado, uma prova da incompetência do atual governador. Ao todo, esse hospital que está subutilizado na zona Norte da capital custa aos bolsos da população amazonense cerca de R$ 250 milhões ao ano.


"Esta é a verdade da saúde do Amazonas. Estou aqui no Delphina Aziz. A emergência está fechada há mais de dois anos. Nossa proposta é reabrir o pronto-socorro e botar o hospital para funcionar de verdade", declarou o candidato, que também é diretor do maior grupo de saúde da região Norte.


Risco de morte


No programa eleitoral, o candidato denunciou que os três maiores hospitais da capital Manaus não tem equipamentos essenciais para salvar vidas. Ricardo disse que até remédios o Wilson Lima deixa faltar.


"O hospital 28 de Agosto é a nossa referência de urgências cardiológicas. Aqui não tem equipamentos para cateterismo e angioplastia. Nossa proposta é equipar o hospital, para que os pacientes não precisem ser transferidos para o Francisca Mendes. Vou acabar com essa falta de remédios nos hospitais. Isso é desumano. O João Lúcio, hospital que faz as neurocirurgias, mas não tem um equipamento de ressonância", criticou.


Mudar a saúde de verdade


Ricardo Nicolau tem um plano para elevar a qualidade do atendimento e da infraestrutura do sistema estadual de saúde e torná-lo um dos melhores do país. As propostas preveem uma série de medidas, com destaque para a criação dos Centros de Atenção Integral à Saúde (CAIS), a construção de uma maternidade de alta complexidade e modernização das unidades existentes.

De acordo com Ricardo Nicolau, é possível tirar a saúde do Amazonas da UTI e transformá-la em referência no Brasil. Somente no ano passado, os recursos estaduais destinados ao setor ultrapassaram R$ 3,1 bilhões e, ainda assim, há problemas graves na rede de saúde do Estado.


"Se Deus me permitir chegar ao governo do Estado, eu tenho a obrigação de tornar a saúde do Amazonas a melhor do Brasil. E é possível. Hoje, a maioria dos pacientes do interior vêm para Manaus. Para resolver isso, vamos implementar o CAIS, que é uma grande clínica com laboratórios e exames que vai dar suporte a rede básica dos municípios", pontuou o candidato.


Uma das principais metas de Ricardo Nicolau é ampliar o atendimento médico no interior e desafogar os hospitais da capital.


TFD Intermunicipal


Ricardo Nicolau propõe a criação do Tratamento Fora de Domicílio (TFD) Intermunicipal para os casos que precisem ser transferidos para Manaus. A ideia é que os pacientes do interior se desloquem para a capital com o procedimento já marcado, com transporte e ajuda de custo pagas pelo governo do Estado.


"O TFD Intermunicipal será aplicado em viagens entre municípios, em distâncias a partir de 50 quilômetros. Hoje, nenhum município amazonense tem esse programa regulamentado. Em nosso governo, nenhum paciente do interior que depender de tratamento de saúde na capital vai depender de favores políticos do prefeito para conseguir viajar", assegurou.


Nova maternidade


Para Manaus, Ricardo Nicolau quer ampliar as salas de urgência e emergência dos hospitais João Lúcio, na zona leste, e 28 de agosto, na zona centro-sul. Outra meta é construir uma maternidade de alta complexidade com mais de 300 leitos na zona Leste de Manaus, bem como ampliar a maternidade Ana Braga e fazer modernização das demais maternidades


Na Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), que atende pacientes com câncer, o candidato planeja elevar de 135 para 300 o número de leitos.


Ricardo Nicolau lidera a coligação "Nós, Povo", que tem como candidata a vice-governadora a professora Cristiane Balieiro. O grupo também possui mais de 60 candidatos que disputam os cargos de deputado estadual, deputado federal e senador da República.



Foto: Reprodução TV

Fonte: Solidariedade/PSB

Comunicar erro
AMAZON 2

Comentários

AMAZON 3