AMAZON

Prefeitura de Manaus substitui drenagem da avenida Brasil e garante segurança com rede mais profunda

Por William Gaspar em 11/09/2021 às 16:50:12

Após a descida no nível das águas, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), iniciou, neste sábado, 11/7, a substituição de uma rede de drenagem profunda com mais de 30 metros em um trecho da avenida Brasil, por onde passa o igarapé do Franco, bairro Compensa, zona Oeste. O serviço foi acompanhado pelo vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura, Marcos Rotta.




Os trabalhos envolvem mais de 20 servidores da Seminf que irão substituir toda a canalização da drenagem por novos tubos em concreto armado bem mais amplos, que serão implantados, solucionando os constantes problemas de alagações na área, que sofria com a situação há alguns anos.




"Aqui nós temos mais um exemplo claro dos problemas que as construções irregulares causam na nossa cidade. Um prédio foi construído sobre a rede de drenagem, que não suportou e cedeu, pondo em risco a vida de moradores. Já havíamos mapeado essa situação há algum tempo, porém, tivemos de esperar pela descida das águas do igarapé, o que aconteceu, e, hoje, iniciamos essa intervenção nesta, que é uma das vias mais importantes da nossa cidade", afirmou Marcos Rotta.


Segundo o vice-prefeito, nos primeiros meses de administração de David Almeida, a Prefeitura de Manaus, por meio da Seminf, executou mais de 500 frentes de obras de drenagem profunda nos bairros da capital, superando os seis quilômetros de extensão de redes recuperadas, visando resolver os incidentes causados pelos rompimentos de tubulações antigas, devido ao grande número de construções irregulares e ligações clandestinas.


De acordo com Rotta, com as intensas chuvas dos últimos meses e a falta de manutenção nas redes de drenagem na cidade, em vários pontos da capital, as estruturas não suportaram a pressão.


"Para solucionar definitivamente esse problema, a gestão vem investindo no uso de novas tecnologias e materiais mais adequados, como nas peças em concreto armado, mais resistentes a grandes volumes de águas, evitando, assim, os alagamentos com serviços de qualidade", explicou.


A Seminf também intensificou a implantação e a restauração de quase 15 quilômetros de drenagem superficial nesses sete meses de administração, o que engloba meio-fio e sarjeta, além de 10,5 quilômetros de calçadas. Entre os locais que receberam melhorias, estão a rua João Valério, no conjunto Vieiralves, bairro Nossa Senhora das Graças, zona Centro-Sul, que concentra intenso fluxo comercial, e a avenida Torquato Tapajós. Ambas as vias possuem grande movimentação.



Texto – William Gaspar / Seminf

Fotos - Osmar Neto / Seminf

Fonte: Seminf

Comunicar erro
AMAZON 2

Comentários

AMAZON 3