amazon 1

Ciência descobre proteína que transforma estoque de gordura em energia

Pesquisadores americanos perceberam que suprimir uma proteína específica estimula as células de gordura a se transformarem em energia

Por Juliana Contaifer em 10/07/2024 às 17:30:26

A ci√™ncia tem avançado cada vez mais para tratar a obesidade — a condição est√° associada a v√°rias doenças e, por isso, é uma das prioridades da pesquisa no mundo todo. Cientistas da Universidade da Califórnia em São Francisco, nos Estados Unidos, avançaram no entendimento de como a gordura é queimada em uma pesquisa publicada em 1¬ļ de julho na revista The Journal of Clinical Investigation.


Segundo os pesquisadores, existem basicamente dois tipos de gordura: a branca, que forma os estoques de lipídios, e a marrom, que é queimada por termog√™nese e é mais comum em beb√™s, que precisam se manter quentinhos sem muito movimento. A variedade marrom queima f√°cil, mas a branca é um pouco mais difícil de ser ativada.


Usando modelos de células humanas em cultura e ratinhos modificados geneticamente, os cientistas descobriram que suprimir a proteína fator de transcrição Klf15 transforma a identidade das células brancas em algo mais parecido com bege — assim, a gordura é queimada mais facilmente quando o corpo precisa de energia do que na versão original.


A Klf15 é muito comum nas células brancas, o que chamou a atenção dos pesquisadores. Eles também usaram doses de isoproterenol, um composto conhecido por estimular as células marrons a gerar calor, em unidades brancas e perceberam que h√° uma relação entre a ativação do composto e da proteína.


Os cientistas descobriram que o link entre as duas coisas é um receptor chamado Adrb1. Um parente dele, o Adrb3, estimula as células de gordura brancas a se tornarem mais marrons, mas não é encontrado em humanos. O Adrb1, que existe, pode ser um alvo terap√™utico interessante para acelerar a queima de gordura.


"Muitas pessoas pensaram que isto não era vi√°vel. Mostramos não só que esta abordagem funciona para transformar as células de gordura brancas em beges, mas também que não é tão difícil quanto pens√°vamos", explica o pesquisador e médico Brian Feldman em entrevista ao site da universidade.


Siga a editoria de Saúde no Instagram e fique por dentro de tudo sobre o assunto!



Texto: Juliana Contaifer

Foto: GettyImages



Fonte: Metrópoles

Comunicar erro
AMAZON 2

Coment√°rios

AMAZON 3