AMAZON

PC-AM deflagra Operação Medina e desarticula grupo criminoso envolvido em homicídio e porte ilegal de arma de fogo

Durante a ação foram apreendidas quatro armas de fogo e munições de diversos calibres

Por Divulgação em 21/05/2022 às 08:29:17

Nesta sexta-feira (20/05), policiais civis da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) deflagraram a Operação Medina, que resultou na desarticulação de um grupo criminoso envolvido em homicídio e porte ilegal de arma de fogo. A ação ocorreu na zona leste de Manaus.




Foram presos Jadeson do Nascimento Valério, 25, conhecido como "Loirinho", líder do grupo envolvido em mais de seis homicídios na capital; Erleson Pinho da Cruz, 24; Jones da Silva Pinheiro, 26; e Rudiel de Sousa Oliveira, 25, flagranteados por porte ilegal de arma de fogo.


Durante a operação, os policiais apreenderam, ainda, quatro armas de fogo e munições de diversos calibres.


Conforme o delegado Ricardo Cunha, titular da DEHS, "Loirinho" foi o mandante do homicídio de Danilo Neves dos Santos, que tinha 17 anos, ocorrido no dia 11 de maio deste ano, na rua Fortaleza, bairro Gilberto Mestrinho, zona leste. Segundo Cunha, Rudiel foi o responsável por executar a vítima, que foi atingida com cinco disparos e, em seguida, foi a óbito.


"A motivação do delito seria o fato do adolescente não aceitar entrar para o grupo criminoso liderado por "Loirinho", após isso ele foi jurado de morte. No dia em que estava a caminho da escola, foi executado", relatou o delegado.


Diligências - As equipes da DEHS entraram em campo e conseguiram chegar a identidade do mandante, sendo assim, foi solicitado à Justiça pelo mandado de prisão em nome dele.


"Após a ordem judicial ser expedida, deflagramos esta operação para efetuar sua prisão, sabíamos que ele possuía bastante armamento. Também fomos em busca dos demais comparsas dele, Elerson e Jones, com quem encontramos as armas de fogo", explicou Cunha.


Prisões - Jadeson foi preso na rua Bela Vista, bairro Armando Mendes; Erleson e Rudiel no Tancredo Neves, e Jones na comunidade Grande Vitória, bairro Gilberto Mestrinho, todos na zona leste da cidade.


Procedimentos - Jadeson irá responder por homicídio, já Erleson, Jones e Rudiel por porte ilegal de arma de fogo, além disso, eles responderão por associação criminosa. Eles serão levados para à Central de Recebimento e Triagem (CRT), e ficarão à disposição da Justiça.

Fonte: PC-AM

Comunicar erro
AMAZON 2

Comentários

AMAZON 3