AMAZON

"Filômetro" da prefeitura orienta usuários a se vacinar em posto de menor movimentação

Por Sandra Monteiro em 12/06/2021 às 23:00:43

Para orientar o público de 40 a 51 anos, apto a receber a vacina contra a Covid-19, na intensificação da campanha que se estenderá até as 17h deste domingo, 13/6, a Prefeitura de Manaus criou um serviço, via internet, que orienta o usuário sobre a situação das filas de espera nos postos de vacinação. O "Filômetro", como está sendo chamado, mostra ao usuário a situação, em tempo real, da procura por vacina em cada posto, permitindo que a pessoa opte pelo local de menor movimento.


A titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Shádia Fraxe, explica que a intenção é tornar ainda mais fácil o acesso à vacina. "Seguindo a orientação do prefeito David Almeida, estamos acompanhando a movimentação dessa ação iniciada hoje (sábado), desde cedo. É um desafio ainda maior do que o que vínhamos enfrentando, porque nossas equipes já estão atuando nessa campanha há cinco meses, mas atendendo de forma segmentada. Além disso, as pessoas estão ansiosas para ser vacinadas", observa.


O "Filômetro" foi criado sem nenhum custo por um servidor da Semsa. "Vendo a necessidade de transferir as pessoas de um posto para outro, para equilibrar a demanda, tivemos a ideia de elaborar essa ferramenta de controle", informa William Terra, assessor técnico da Semsa e idealizador do projeto, lançado na tarde deste sábado, 12.


Para utilizar o serviço, é só acessar o link bit.ly/filometrovacina, consultar o posto ao qual pretende ir e verificar a situação da fila, cuja classificação é por cores e indicativo de tamanho, e, caso tenha fila grande, escolher outro local para ser vacinado.


"É simples e fácil de usar. Nossa intenção é evitar que as pessoas fiquem muito tempo esperando pela vacina. A informação sobre a quantidade de pessoas aguardando é indicada pelo pessoal do posto, que a cada 30 minutos faz a avaliação, insere no formulário e pronto, quem acessar vai saber onde tem menos gente esperando para ser vacinada", explica William.



Texto – Sandra Monteiro / Semsa

Fonte: Semsa

Comunicar erro
AMAZON 2

Comentários

AMAZON 3